14 de mar de 2009

Permita-me ser seu espelho essa noite!


Então eu estou aqui

e você também

Me permita ser o seu espelho esta noite

cantar em mim o teu encanto,

tua estranheza e teu espanto

Como quem sabe no fundo

que não há distância neste mundo,

pois somos uma só alma

Me permita ser esta noite

a voz que te canta e se encanta de ti

Que te faz sentir-se e parar,

como quem volta pra casa

e resolve se amar.


Somos livres e não possuímos as pessoas

Temos apenas o amor por elas e nada mais

E é preciso ter coragem para ser o que somos

Sustentar uma chama no corpo,

sem deixar a luz se apagar

É preciso recomeçar no caminho que vai para dentro,

vencendo o medo imaginado,

assegurar-se no inesperado,

confiando no invisível,

desprezando o perecível,
na busca de si mesmo

Ser o capitão da nau

no mais terrível vendaval

Na conquista de um novo mundo

mergulhar bem no fundo

para encontrar nosso ser real

E rir, pois tudo é brincadeira

Que cada drama é só nosso modo de ver
A vida só está nos mostrando

aquilo que estamos criando

com nosso poder de crer.


(Luiz Antônio A.Gaspareto)

3 comentários:

por amor disse...

sueli,
parabens pelo texto do gaspareto.
muito interessante.
parabens tambem pela poesia "ansiedade" muito linda.

*bejus
aline

Eduardo P.L disse...

Sueli, este é seu DESEJO?
Caso positivo ( não há mensão na postagem) obrigado por participar! Caso contrário, parabéns pela postagem, assim mesmo!

Bjs

Anônimo disse...

Sueli,
adorei o texto do Gaspareto, é um dos autores favoritos,

parabens.

Ney Moraes

Neymoraes.com