13 de jun de 2010

Silêncio...

Há tanta inspiração contida
A espera de um sinal de vida...
Ruminando palavras desconexas
Outrora lidas em poesias impressas;
Logrando encontrar a saída
Do silêncio que lhes foi imposto
Omitem o amor que lhes estampa o rosto

...


7 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

A poesia está no ar,prezada Sueli. E nós poetas,somos a ponte. Beijos

Elaine Barnes disse...

Tem momentos que os pr´prios sonhos se omitem,as saídas se camuflam,mas,a poesia sempre abre uma porta. Montão de bjs e abraços amiga!

Maria disse...

SUELI...

SILENCIO, E TANTA GENTE...
AMIGA, É ASSIM QUE ME SINTO HOJE.

SIMPLESMENTE LINDO POEMA, E AMEI A CANÇÃO.

TENHA UM BOM DOMINGO.

:)) DOCE CARINHO

Marilu disse...

Querida amiga Sú, "Onde está você"?, quebre o silêncio, e dance nos braços desse grande amor, embalada por está linda canção.
Lindo...Beijocas

claudete disse...

Querida Su , gostei você está sendo você , dance "a valsa lenta" da espera e aguarde os acontecimentos. Amei onde está você.
Beijão.

JuJu disse...

Mas como você gosta de uma boa e reflexiva poesia, né. Sueli?
Também li o post sobre a Copa. Ambos estão ótimos!
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Haroldo disse...

Um sinal de vida, uma flor, um sorriso e uma saída...
Não existe silêncio, pois ouço o teu coração.
Não existe omissões...
Desperta-te do silêncio,
Existe mais de um coração batendo...
Bjs!