1 de ago de 2009

Uma Carta de amor

Vou de Coletivo (blogagem coletiva)
Tema do mês de agosto: Uma carta de amor



Amor meu,

Continuas percorrendo os labirintos de minh’alma, talvez apenas nos teus sonhos, mas quem te vê, te ouve e te fala é a minha realidade. Uma realidade que se fantasia em sonhos para que possas enxergá-la. Uma realidade que aguarda a calada da noite para se esconder em sombras e que te espera em pensamentos porque sabe que tu não faltas. E quando chegas, chegas tão maroto, fazendo peripécias e provocando êxtases. Percorres os caminhos do meu corpo com invisíveis carícias, provocando delírios e embriagando convicções. Cavalgas comigo para outros mundos, dimensões insanas que somente tu conheces e me mostras sensações impossíveis de serem descritas. Atiras-me em abismos, somente para mostrar-me que consegues voar mais rápido e, em teus braços fortes, amparar-me. E eu, sem medo de perder-te, porque sei que não te perderei nunca, desvencilho-me e corro só para que possas perseguir-me e alcançar-me. E me persegues. E me alcanças. E me abraças. E comigo danças. E me trazes de volta. E me fazes tua... como sempre.

Sei que não te lembras, mas sei que sonhas... e sentes. E é por isso que te escrevo. Para que nunca te esqueças do teu sonho e da minha realidade e do inverso que sabes fazer tão bem quando tornas real o que tu sonhas e transformas minha realidade em sonhos dourados. Não haverás de esquecer também das nossas noites, do nosso mundo, de tudo que foi, do que é e do que será. Para que aprendas sobre a diferença entre o dia e a noite, a lua e o sol, o aqui e o acolá, o agora, o antes e o depois. Para que saibas que o “não” que dissemos sob o sol deste plano, não existe nas noites de luar em que nos encontramos.

Escrevo também para te falar do meu amor. Este amor que nasceu com a vida e que aprendeu a enfrentar perigos e sair ileso, a banhar-se em paciência e enxugar-se em loucuras, a buscar-te nos teus sonhos e receber-te na sua realidade, a suportar teus deslizes e continuar inteiro, a deixar de competir por saber-te tão somente seu, a esperar tua volta e ter-te sempre... não aqui, no mundo dos homens, mas no infinito, por toda a eternidade...


Eu

...

27 comentários:

IZILDA disse...

Oi, Sueli...
Vim visitar seu blog e gostei muito do que vi e li por aqui. Parabéns!
Um beijo pra voc~e,
Izilda ( http://izilda-bichara.blog.uol.com.br - Escritos Esparsos)

Mari Amorim disse...

Olá td bem?
Estou passeando neste coletivo.Fazendo um tour sem pressa.
Adorei ler sua carta de amor..
Boas energias
Mari

Chica disse...

Linda tua carta! São tão raras hoje em dia...beijos e tudo de bom,chica

Adriana disse...

OI Sueli,
Que lindo!
amei o texto...

beijos

Simplesmente Amor disse...

Também estou participando da Blogagem Coletiva.

E estar aqui lendo essa carta tão sentida...fez aflorar a minha emoção!


Um beijo carinhoso

maria claudete disse...

Su você consegui fazer desta carta um verdadeiro poema de elegia ao Amor! lindo!
Beijão, Clau

Compondo o olhar ... disse...

que carta maravilhosa.... adorei lê-la!

tbm participo desta blogagem!!!

bjocas

Mah disse...

Lindo, sensível e quente.
Li e me senti envolvida.
Parabéns!
Tb participo do Coletivo com os textos Carta ao Meu Amor e Pucca Ama Garu.
Espero q nos encontremos em muitas viagens desse delicioso Coletivo.
Bjssss

Francine disse...

Oi, Sueli! Obrigada pela visita.

Está muito bonita sua carta de amor.

um beijo!

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Sueli,
Que amor mais maduro que descreveu. Ao ler essa sua carta, eu senti um desejo enorme de ter um amor assim, maduro, para compartilhar... Parabéns!!
Comecei do final até chegar no início dos inscritos e, portanto, apesar de você ter sido a primeira inscrita, para mim, você fechou com chave de ouro...!!
Irei por o seu blog em minha lista dos quais eu sirvo com prazer um café...
Se quiser ler a minha carta, ficarei contente.
Beijos,
Ana Lúcia.

Majoli disse...

Minha querida, que carta de amor mais linda.

Sua participação na blogagem foi maravilhosa.


Beijos, saudades querida.

Serena Flor disse...

Sueli minha querida, que linda carta escreveste hein!
Fiquei encantada.
Belíssima participação nesta blogagem...bjs.

Tempestade disse...

Adorei sua carta!
Tão terna, apaixonada e linda!
Beijos Tempestuosos!

Patricia AC disse...

Oi amiga, amei o texto. Pra rebentar com o coração. Arrasou!!! Bjs

Nanda Botelho disse...

Esta foi uma carta muito bem escrita e poética!
Parabéns!

Também estou participando, peguei o coletivo andando, pois confundi o dia da partida!

Bjão!

M. Nilza disse...

Hummmmmmmm bem ao meu estilo!! Amei sua carta e seu blog tbm. Aderi a ideia do " Vou de Coletivo! Acho muito interessante sabermos o que pensam e como sentem as pessoas sobre o mesmo assunto.

Beijos

.Lis disse...

Muito bonita a sua carta ,Sueli.Um amor verdadeiro,pra sempre.Gostei muito e esses amores merecem cartinhas lindas assim.
Abraços

JuJu disse...

O namorado que receber essa carta com certeza é um felizardo! Que linda!
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

António Rosa, José disse...

Estou a passear pela blogagem colectiva e a ler a participação de todos.

Gostei muito do seu post. Sobretudo esta parte:

«Este amor que nasceu com a vida e que aprendeu a enfrentar perigos e sair ileso...»

Lindo. Parabéns.

Gostei de conhecer o seu blogue e deixei o meu urso nos seus seguidores.

Ariana disse...

Linda, sensível, plena. É a terceira carta que leio, da Tertúlia, e confesso que essa está de arrasar. Escreveste com a alma, hein...

Beijos, Sueli, boa segunda pra ti.

Joéliton dos Santos disse...

Olá....estou na correria....mas tirei um tempinho pra vim te visitar e ler seus posts...

Lindo....Tenh@ um@ lind@ sem@n@

Sonia Pallone disse...

Estou aqui, de volta neste universo onde as palavras tem cores e o coração explode de vida nova... Bjão querida.

Olavo disse...

Linda carta..amor..é amor sempre e encanta demais.
Beijos

angela disse...

Bonita carta.
Imagens tão lindas e verdadeira, quantos sonhos nos consolam e são nossa realidade intima.
abraços

Teresa disse...

Olá Sueli
Desta vez não estou a participar, este mês é de férias e estou "em trânsito". Mas gosto sempre de ler o que tu escreves, porque somos quase da mesma idade e identifico-me com muitas palavras. Como agora, com este amor "a banhar-se em paciência"...
Beijinhos

Vou de coletivo! disse...

Carta apaixonada e apaixonante!

Andreia disse...

Olá vim dar uma volta neste coletivo! Carta linda e de palavras e sentimentos profundos!
Gostei de conhecer teu cantinho!
Também participei e por falta de tempo estou demorando um pouco a ler tds as cartas se quiser ver a minha te espero...
Beijinhos carinhosos para ti...