18 de ago de 2009

Tentei chegar em casa em tempo de fazer uma homenagem a uma grande poetisa “Fátima Irene Pinto”, pois foi ela quem aguçou o meu gosto pela poesia. Eu ainda era uma novata no mundo da net quando me deparei com um poema de Fátima Irene e comecei a vasculhar tudo que trazia algo escrito por ela. Meus blogs sempre foram enfeitados com algum de seus escritos. E hoje, ou melhor, ontem (quando comecei ainda não era meia noite...rs) foi seu aniversário.
Parabéns, Fátima Irene!

Escolhi, para postar aqui, uma poesia que gosto muito.




O MEU JEITO DE AMAR
Fátima Irene Pinto


Não quero mais drama nem sofrimento
Antes, quero crescer na alegria
Não quero mais declinar
melindres e impossibilidades
Antes, quero um amor
cuidado, partilhado,
pleno de mutualidade...

Não quero mais invejar
casais de namorados
Não quero mais caminhos
sinuosos, afunilados
Quero o amor que chegue
e que se faça ousado
Que irrompa nas curvas deste
meu corpo esfomeado...

Não quero mais desperdiçar
anos valiosos da minha vida
Não quero mais sentimentos
insustentáveis de menos valia
Quero falar de alegrias
e de palpáveis devaneios
Quero o homem amado, saciado...
repousando nos meus seios!!!!
...
...

9 comentários:

Bill Falcão disse...

Sem dúvida, Su, a poetisa é fera!!
Bjoooooooo!!!!!!!!

Silvia Gonçalves disse...

Oi Su....

Linda poesia, muito bem escolhida...

Bjos..

Majoli disse...

Oi amiga, saudades.

Poesia linda, eu também já li muito de Fatima Irene, só não sabia do aniversário dela.

Beijos querida.

Coisa Frágil disse...

oi flor ,

que linda poesia, vou buscar mais coisas da autora....passa no meu blog q tem meme p ti.

bjus perfumados

AC Rangel disse...

Sueli, poema muito bem escolhido por vs,postrando que a poeta é excelente. E a decisão tomada na poesia, a decisão de amar, é a melhor decisão que as pessoas podem tomar. Sempre. Em todos os momentos da vida.
Beijo

M. Nilza disse...

Aei a poesia e acho que realmente famos muito do amor sofrido!

beijos

claudete disse...

Bem não deixa de ter razão sua admiração por ela, diz muito de você e seus sentimentos de uma forma particular porém generalizada para todos afinal as vertentes do sentimento afetivo convergem todas para um mesmo funil, não é?
beijão amiga.

Ana Lúcia Porto disse...

Sueli,
Muito bonito esse seu presente de aniversário a ela. Bela e justa homenagem a quem lhe inspirou na poesia.
Sem dúvida, é uma poesia linda...
Beijos,
Ana Lúcia.

Sonia Pallone disse...

Oi querida. Estou na net há 9 anos e estive junto com a Fátima em alguns grupos de poesia e literatura. Realmente uma bela escolha dentre os tantos belíssimos poemas dela. Um beijo grande.