15 de jun de 2009

Que lugar te faz sentir em casa?

O tema de JUNHO da Tertúlia Virtual é:
"QUE LUGAR TE FAZ SENTIR EM CASA"?


A princípio, parecia-me um tema fácil, depois percebi que estava enganada, mas, num estalo, descobri que era muito mais fácil do que imaginara a princípio, afinal, o lugar que realmente me faz sentir como se estivesse em minha casa, é exatamente onde passo o maior espaço de tempo dos meus dias: o meu local de trabalho.

Sinto-me abençoada pelo trabalho que tenho, pois há quem diga que quem gosta do seu trabalho, não trabalha, diverte-se. É o meu caso. Então, posso considerar que me divirto o dia inteiro e boa parte da noite... rs.

Como paulistana bairrista e fanática, tenho o privilégio de trabalhar no 17º andar de um edifício da Avenida Paulista, onde posso apreciar por um ângulo muito favorável e no momento que quiser, um dos principais cartões postais de minha querida metrópole.

Lembro-me do dia em que meu chefe designou-me para a função de encontrar o local da nova sede. Após inúmeras visitas em incontáveis edifícios, lembro-me perfeitamente do momento em que entrei naquele conjunto comercial. No primeiro passo adentro, eu disse: é este! Em menos de um mês, já estávamos lá instalados.

Minha sala é exatamente o lugar que mais gosto. Dali, posso enxergar a Paulista, do Paraíso à Consolação. Temos uma pequena cozinha, com tudo que necessitamos para nosso dia a dia (geladeira, cafeteira, forno, etc.). Também temos televisão, vídeo cassete e outras coisas mais.

Somos cinco funcionários, mas já tão antigos e nos damos tão bem que é difícil não nos considerarmos uma família. “A gente ganha pouco, mas se diverte” é uma frase muito repetida...rs. Sou a mais velha de casa (14 anos). Adoro meus chefes. Eles dificilmente aparecem fisicamente, pois em sua maioria, residem fora de São Paulo. Nosso contato, geralmente, é por e-mail ou por telefone. Muitos podem não acreditar, mas, para nós, dia de reunião é como se fosse dia de festa. São nossos “familiares” de longe que vêm nos visitar.

Os móveis, em sua maioria, foram escolhidos por mim. Meu computador é de última geração e está sempre atualizado. Em minha sala tenho ar condicionado (frio e quente), que controlo conforme meu gosto e tenho liberdade de receber quem eu quiser.

Penso que me sentir como se estivesse em casa é poder estar feliz durante o dia, ter às mãos tudo que necessito, sentir conforto, estar com pessoas que se portam como se fossem minha própria família (e gostar delas), ter liberdade de ir e vir e, pode não parecer importante, mas é gostar das segundas-feiras também.

Pensando bem, só falta um chuveiro, para ser considerado meu lar. Mas, sabem de uma coisa, até que isso não chega a ser uma desvantagem, pois caso contrário, eu até poderia me acomodar e esquecer de voltar para casa ...


Sueli

21 comentários:

Teresa disse...

Olá Sueli
Acredito que se sinta bem a trabalhar aí, nesse cenário magnífico. Não conheço São Paulo, mas a paisagem na janela atrás de si parece Nova Iorque.
Por aqui, o Ministério da Educação prefere não nos fazer sentir bem: a minha escola é pré-fabricada, e torramos ou gelamos conforme a temperatura exterior!Enfim...
Beijinho
Teresa

Chica disse...

E É BOM QUANDO É ASSIM...lINDO!BEIJOS,CHICA

Daniel und die Delphine disse...

A casa da gente é o melhor lugar.

ricardo blauth disse...

ALO AMIGA SUELI

"du liebes got"
arrasaste guria.
falando do teu dia a dia com tal naturalidade que a gente "sente" o lugar mesmo virtualmente.

rodeada de gente, numa cidade pulsante, gostando do que faz, num local escolhido, como não "se sentir em casa".

bjs
ricardoGAROPABAblauth

Nanda Botelho disse...

Menina! Que benção é essa?!

Vc tá com tudo, o trabalho é o lugar que se passa mais tempo, e se vc transformou esse lugar num segundo lar, digo, você vive bem.

Atendo muita gente adoecida pelo ambiente profissional.

Muito criativa e original sua postagem, eu duvido que outra pessoa escreva isso!

Bjs! Também estou participando!

Majoli disse...

Nossa que delícia deve ser trabalhar aí hein amiga?
Gostei de saber do lugar que te faz sentir em casa.
Beijos.

Nely disse...

Que bom e raro amiga.
É a primeira postagem que vejo esta ligação rsrs.
Deve se feliz mesmo, pois a maior parte das pessoas não tem o previlégio de fazer o que gosta.
"Um professor dizia: quem faz o que gosta, não trabalha, tem prazer", e eu acredito!
Beijo.

Serena Flor disse...

É tão raro alguém gostar do que faz e ainda mais raro é se sentir em caso no local de trabalho...aff!
Não digo que te invejo, mas te admiro por isto!rs
Beijos e ótima participação nesta Tertúlia minha querida! Bjs.

Blog do Beagle disse...

Vixe!!!!!!!!! Trabalho é bom demais. Gente e familia são melhores, não são??? Elza

entremares disse...

Pelo que li... acredito que as pessoas que trabalham com você a devem estimar bastante. Porque quem considera o local de trabalho a sua casa, não pode ter só colegas. Deve ter amigos, e muitos...

Gostei muito.

Eduardo P.L disse...

Minha querida amiga, mais uma vez obrigado por ter participado de forma tão importante!

Bjs

Eduardo P.L disse...

Obrigado também por estar exibindo essa VÍTIMA no seu sidebar! srsrs

Bjs grande!

Mylla Galvão disse...

Sueli,
Vc é uma das poucas pessoas que eu sei que adora o seu local de trabalho, muitas pessoas detestam!!!
Como faço meu trabalho no lar mesmo, não ligo muito pra isso...
Adorei seu texto... Bebi cada palavra... Parecia que eu estava ali, junto com vc!!!
Também participo!!!
Bjo

Juliêta Barbosa disse...

Sueli,

Sorte dos seus 'chefes' pois funcionário que trabalha feliz traz sucesso para qualquer empreendimento. Interessante o seu post. Se eu fosse a sua 'chefe',com certeza, lhe convidaria para ser sócia. É tão difícil encontrar quem realmente vibre e trabalhe com entusiasmo, num negócio que não seja o seu. Parabéns! Você é especial!

Ariana disse...

Isso é que é trabalho, Sueli... Que importa quanto se ganha, quando o trabalho dá prazer, não é?
Realmente, pela foto, dá pra perceber que vc se sente um casa.
Quisera eu me sentir assim no meu trabalho, rs.

Beijos, adorei o post!

Sonia Pallone disse...

Que post gostoso de ler, adorei tudo, não tem uma vaguinha aí pra mim?...rrsss.... Tb me sinto assim, só que ao contrário de vc trabalho em casa mesmo, moro num condominio lindíssimo aqui em Atibaia, com muito verde, pássaros, lagos, enfim uma verdadeira sintonia com a natureza...E enquanto curto tudo isso trabalho como web designer para alguns poetas da rede, fazendo formatações dos poemas, digitando para uma editora, pintando peças de madeira, enfim...tb amo muito o que faço e sempre digo que tudo o que a gente faz com amor, sai bem feito e tem retorno financeiro e espiritual. Bjs querida, adorei sua visita no Solidão.

Mylla Galvão disse...

Sueli,
TEM SELINHO NO IDEIAS DE MILENE PRÁ VC!!!
bJS

Coisa Frágil disse...

olá sueli,
que legal...é tão bom encontrar pessoas que espalham alegria no olhar....beleza no sorriso...felicidade nas palavras...(tem selinho procê no meu blog).

bjus perfumados

Compondo o olhar ... disse...

desculpe o atraso, mas estava impossibilitada por causa de uma cirurgia. já estou bem e estou retornado aos poucos!!!
linda sua parrticipação em mais esta intrigante tertulia.

bjocas.

JuJu disse...

É... Você realmente gosta bastante de seu trabalho...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Drizinha disse...

Su..engraçado, mas o pouco tempo que "trabalhamos" juntas, me sentia em casa quando ia na ABTO. Curioso? Talvez não, acho que é apenas reflexo desse ambiente maravilhoso que vcs criam todos os dias.

Ah..arrasou na foto!!!

Beijos