8 de jun de 2009

Noites de inverno


Havia um tempo em que eu não gostava do inverno. Não gostava das noites frias nem dos dias cinzas. Não me lembro bem quando isso mudou. Dias atrás fiquei muito feliz com esta visita que o inverno está fazendo ao meu outono. Percebi que estava sentindo falta da sensação de dormir com meu edredon e meu pijaminha de plush. Antes, sentia dificuldade até para entrar no banho. Agora valorizo mais os instantes em que estou sob o chuveiro. Chego a agradecer a água quentinha que me envolve; é um momento especial, uma das melhores sensações do meu dia. E como é bom poder usar minhas botas! Elas ficam durante todo o resto do ano, tão esquecidas naquele canto do meu armário... e eu adoro botas. Antes, o vento frio no meu pescoço incomodava-me demais. Não cortava meus cabelos na véspera do inverno, nem morta! Ah, mas na semana passada, não deu outra. Falei para meu cabeleireiro “-Passa a tesoura, quero bem curtinho”. (Na verdade, perdoe-me quem gostaria de me ver novamente com os cabelos compridos, mas o curto virou minha marca registrada; não consigo me ver mais com eles passando da altura das minhas orelhas). Além disso, estou adorando essa moda maravilhosa de lenços, echarpes e cachecóis. Aliás, sempre usei, mesmo que não estivesse na moda (rs).

Noite de inverno me lembra cama fofinha acolchoada, sopa quentinha, chá quente com bolinhos de chuva, lareira, fondue e vinho tinto, entre tantas outras coisas gostosas. Por falar nisso, neste último sábado à noite, estive sentada num fouton confortável, em frente a uma lareira, saboreando um vinho tinto chileno delicioso, servindo-me de um fondue não menos maravilhoso e com ótima companhia. Ah! Nada disso teria graça (exceto a companhia, é claro), se fosse numa noite de verão. Sim, vocês dirão “mas tem tantas coisas boas que se pode fazer numa noite de verão...”. É verdade, tem sim, mas nada tão aconchegante. Alguém discorda?

Sei que a maioria das pessoas não gosta, mas descobri que gostar ou não do frio ou da chuva depende muito da gente querer ou não querer gostar. Eu decidi gostar e, podem acreditar, com chuva ou sem chuva, não só gosto como amo minhas noites de inverno.

Sueli
(no foto acima, meu sábado de inverno, com a lareira e o cabelo já curtinho...rs)

13 comentários:

Elaine disse...

Olá!
Sabe que eu prefiro o inverno ao verão? Gosto do charme que o frio tem...desde que não seja demais.
Cabelo curto? Ando pensando seriamente em passar a tesoura...
Beijos.

ricardo blauth disse...

ALO AMIGA

Puxa a sintonia até nisto está aumentando. Dtestava o inverno até bem pouco tempo, passando agora a achá-lo importante para novamente valorizar ainda mias o SOL.

Gostei do texto e invejei a companhia......rsrsrsrsrsrsr

bjs

ricardo

melke disse...

Eu só não gostei de dormir com quatro edredons numa noite da semana passada que fazia 4 graus do lado de fora. Foi congelante.
Mas tb gosto do inverno. Seu post me deu àgua na boca... tb quero fundue...

Aninha disse...

Definitivamente (ou não.. rs) prefiro o VERÃO, com seu SOL! Não gosto de frio. Até dias nublados me deixam deprê. Não existe nada melhor que uma noite de verão na praia com seus melhores amigos. Já o cabelo curtinho sou adepta faz tempo... rs... Fico feliz que seu final de semana tenha sido SUBLIME!
Beijão!

Mylla Galvão disse...

Sueli,
Odeio frio... Prefiro mil vezes sentir um calor insuportável, a sentir frio...
SE você gosta mesmo de frio, venha visitar minha cidade em MG, Viçosa,
Você vai se deliciar...
Tem novidades nos meus blogs... Venha ver...
http://ideiasdemilene.blogspot.com
http://vidaslinha.blogspot.com

Bjão

Simplesmente Ariana disse...

Pois vc está linda na lareira, de cabelos curtinhos... mas a verdade é que a maioria das pessoas não gosta de inverno. O desconforto, a sensação incômda do frio é que torna as pessoas intolerantes a essa estação.
No entanto, banho quentinho, vinho chileno e lareira... o que mais pode faltar? O cobertor de orelha????hahahahaha

Beijos, adorei o post hibernal

Anônimo disse...

Sou muito friorento, por isso o frio não me atrai, mas um vinho tinto chileno, aí é outra coisa, e a companhia, ah essa tem que ser bem especial.
Beijos Sueli.

claudete disse...

Ah, Su! que maravilha! Era o que mais me atraia em São Paulo: as noites frias , aconchegantes e regadas a vinho chileno, que aliás aprendi a apreciar e todo o ritual da taça de cristal bico de jaca , resfriada a 20 ºGraus C, podre de chic, nas casa do meu orientador do Mestrado. Claro isto só é possivel nas noites de inverno ! Aqui no NE na região que moro temos um clima que chega a 20 Graus em algumas noites de inverno. Prefiro esta estação, o ruim é quando chove bastante, tudo alaga , o encanto desaparece.Matei minha saudade. Me avisa os detalhes da vinda em outubro. Beijos.

Su disse...

Acho cabelo curto chiquerrimo!!! Mas para mim não combina!

Além do nome temos outras coisas em comum.... tbm uso todos os acessórios mesmo q nao estejam na moda!! rsrs

Gde bjooo!!!!

Mundo paralelo disse...

Adoro o inverno! Mesmo ele sendo completamnente diferente aqui no Nordeste.
Gostei bastante do seu cantinho!
Beijos

ELIANA disse...

Oi Sueli, tudo bem?Uaauuu!!Demais o que você escreveu sobre o inverno!!Pensando bem...é verdade!!...porque eu sempre preferi o verão, mas o inverno também tem os seus encantamentos sim!!Passei a ver o inverno com outros olhos!!Muito legal mesmo!!Minha querida, obrigada por sua visita lá no meu cantinho...apareça sempre!!Um ótimo feriado a você!!Beijo!!

meus instantes e momentos disse...

é bom voltar ao teu blog, gosto daqui.
Tenha um ótimo dia.
Muito bom o post.
Maurizio

Teresa disse...

Olá Sueli
Resolvi aceitar o seu convite e visitar o seu blog. Tenho de lhe dizer que gostei, a Sueli parece-me uma pessoa muito positiva, vou voltar!
Também achei graça ao seu post sobre o início do inverno; aqui está a começar o verão, abri hoje o chapéu de sol no terraço!
Bjs
Teresa