25 de mai de 2012

Nossos algozes



De nada adianta nos magoarmos com alguém por algo que esse alguém nos fez. Devemos sim é pensar muito bem no que vamos fazer com "esse algo" que nos fizeram, ou seja, a forma como vamos lidar com isso. Se ficarmos magoados, o problema será somente nosso! Nossas mágoas não atingem a ninguém a não ser nós mesmos.

Para aprender a perdoar é necessário que conheçamos os dissabores da vida. Sem eles, fica tudo muito fácil, mas ao mesmo tempo, insípido. Não se aprende com o que é fácil, porque se é fácil, significa que já foi aprendido.

Também, não há mérito nenhum em querer bem somente a quem nos faz o bem; isso é muito fácil. Devemos prestar atenção no "difícil", para que possamos torná-lo fácil, o mais rápido possível.

Assim sendo, benditos sejam os nossos algozes, pois são eles que proporcionam o nosso crescimento.

(Sueli Benko)

...

15 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marilu disse...

Querida amiga, acho que nós combinamos, escrevemos praticamente a mesma coisa, lá no Devaneios tem um poema, que diz algo bem parecido. Eu acredito que além de perdoar, ser perdoado, devemos perdoar a nós mesmos, para não carregar para o resto da vida aquelas mágoas que somente atrapalham nosso crescimento.
Adorei o seu texto. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Falou tudo! Tomemos como aprendizado e não como desânimo o mal que nos fazem, ou o que nos falam. Usemos esses males como impulsos à nossa vida. Parabéns. Beijão.

Majoli disse...

Su amada, aos poucos estou aprendendo (e você é uma de minhas professoras)a não levar mágoas para dentro de mim, e sim usando-as para o meu crescimento.
Beijo enorme, recheado de carinho e de saudades.
Amo você amiga!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Isso é muito certo... somos movidos aos "empurrões" dos que nos invejam...
De claridade em claridade vamos vivendo...
Bjm de paz

Sueli Gallacci disse...

Nossa, Xará, que palavras de grande sabedoria!!! Que nobreza de alma! Te invejo, sabia?... Não sei se consigo ser tão desprendida assim, tão racional... sou um bocadinho difícil às vezes rsrs. Acho que tenho que rever meus conceitos... Parabéns! Cada vez te admiro mais!

Um bjo enorme.

Paulo Tamburro. disse...

Então SUELI,suas palavras inspiradoras,refletem a extrema sabedoria do Cristianismo.

E são nas ações do dia-a-dia que, verificamos o quanto Cristo e seus ensinamentos, foram assimilados ou apenas seguidos, burocraticamente.

ELE está em você,e aqui ficou demonstrado isso!

Um grande abraço deste carioca que já durante alguns anos tem o privilégio de estar virtualmente, a seu lado.

Maria Rodrigues disse...

Amiga Sueli uma grande reflexão. as dificuldades que vamos ultrapassando na vida nos tornam melhores e mais fortes.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

silvioafonso disse...

.



Que delícia de página!
Adorei o privilégio de
encontrá-la.

Um beijo e obrigado.

Palhaço Poeta







.

Elaine Barnes disse...

É isso mesmo. Foi assim que aprendi e entendi. Todos os sentimentos são nossos e temos que lidar com eles.Muito legal! Concordo e muitoooo!
Miga na verdade eu estava falando somente da lágrima. rs... Obgda pela visita. Montão de bjs e abraços

Jorge Sader Filho disse...

Perdoar sempre é difícil, Sueli. Talvez uma das mais duras para a nossa espécie.
Muito bem posta a sua mensagem.

Abraço,
Jorge

claudete disse...

Perfeito amiga, a solução está dentro de nós, a escolha é nossa: sofrer para sempre ou se amar corretamente para compreender e perdoar, e não existe sensação maior e mais sublime do que o perdão...Não mesmo! Beijos e muito feliz por te ter como amiga.

Marilu disse...

Querida amiga, tenha uma linda e abençoada semana. Beijocas

Sandra Botelho disse...

É amiga sempre aprendo muito com minhas amigas. E essa é mais uma das preciosidades que aprendi. Bjos achocolatados

Mary disse...

O perdão liberta, fato.
Beijos