9 de jan de 2016

De tanto olhar para trás ...



De tanto olhar para trás, esqueceu-se de olhar para os lados,
enquanto caminhava.
Quando percebeu, já havia chegado ao seu destino,
mas, em sua bagagem, apenas longínquas recordações
e grandes espaços para armazenar o que não fora vivido.
Quis voltar, recolher lembranças perdidas,
mas, o caminho de volta, o tempo já havia destruído.

Sueli Benko

...

3 comentários:

Marilu disse...

Querida amiga Sueli, essa história parece a minha, o passado não tem retorno. Beijokas

Patricia M Barreto disse...

Lindo Sueli.....amei cada ponto e virgula !
Deu saudades e voltei ao blog,pois agora só fico no BagagemPoética do facebook.
Um beijo amiga......bom recordar.
Patty

Sonia Pallone disse...

Um lindo triste, escrito na linguagem que eu gosto. Parece eu falando...Mas sou eu, sentindo...

Beijos amada.