9 de abr de 2015

Contigo, mas sem ti ...


E então, finalmente, consegui ficar longe de ti. E, resistindo à voz que me diz para te esquecer, ainda respondo: “Esquecer por que? Não sou feita de vazios, sou movida a Amor.” E o que ainda sinto por ti alimenta minh'alma, pois esse é o verdadeiro Amor. Não aquele que outrora sentia: egoísta, condicional e carrasco. Aquilo que eu julgava ser amor era apenas o ego que me enganava e me torturava.  Transvestia-se de um sentimento puro, mas o verdadeiro estava abafado pela crença de que eu precisava de tua presença para ser feliz. Hoje sei que o que sinto me basta. O que sentes... diz respeito somente a ti. Seria bom demais, não nego, se teu amor por mim fosse baseado no respeito, mas não sabes o que é isso, infelizmente. Não sabes valorizar uma mulher de verdade. Apesar de tudo, seria muito pior para mim, se te esquecesse. Coração vazio não me sustenta. Eu te prefiro longe do que ter perto de mim as tuas inconsequências. Mas, não fui eu que te escolhi. Foi minh'alma. E ela te quer mesmo assim. Ela não fala a língua dos homens. Ela apenas conhece a linguagem do verdadeiro amor. Fique com teu harém. Eu fico só contigo, bem cá dentro do meu coração, mas não mais na tua cama. 

Sueli Benko

..

4 comentários:

Claudete disse...

Corajosa até o fim,rs, esta é minha amiga! Bjs.

Srta Butterfly disse...

Su... Sabes que cada vez que leio os teus textos, procuro aprender coisas, captar características tuas, que eu admiro. E um dia, este ser aqui, tão bagunçado, quando se trata de amor, vai aprender a ter a tua elegância e a tua sublimidade, para escrever algo tão profundo e ao mesmo tempo tão leve de se ler.
Amo teus escritos.

Rosangela

Sueli disse...

Clau e Ro, eu amo vocês!!! Melhor que meus textos são os seus comentários!... rs

beatriz carvalho disse...


Senti um vazio, procurei algo, e as energias me levaram a ti e a esse maravilhoso texto sobre o amor, aquele que só as almas entendem, pois o ego deturpa, bagunça o seu verdadeiro significado ..... Parabens , sua mente declinou a sua alma. Maravilhoso
beatriz