5 de nov de 2010

Quisera ...



Quisera te falar dos caminhos que eu sigo,
Pé ante pé, pois assustar-te eu sempre temi....
Transvestindo-me para não ser notada...
Disfarçando falas para não ser ouvida ... por ti.

Quisera te falar dos sonhos que ainda tenho contigo,
Do jantar imaginário que te servi...
Das dúvidas que sinto quando te ouço...
Da saudade do que não houve, mas que insiste em ficar ... aqui.

Quisera poder te falar dos meus passos lentos,
Do quanto te procuro na Terra, no Mar e na Lua
Ah... se eu pudesse encontrar-te hoje,
Te daria de presente esta saudade tua ... aí.

Ah, se soubesses o quanto te entendo...


...

(Sueli Benko)

...

18 comentários:

Marilu disse...

Querida amiga, que lindo poema, "ter saudade do que não aconteceu, e que insiste em ficar".Acho que essa saudade é a que dói mais, pois não temos referências do que poderia ter acontecido, o quanto poderíamos ter sido felizes. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Chica disse...

Uma linda saudade que insiste em se mostrar...Muito inspirada!beijos,tudo de bom,chica

Analu disse...

Amiga querida, linda poesia! Esta tal saudade que insiste em se mostrar e, o que é pior, daquilo que "poderia ter sido...". Querer, sem medo... esta pra mim, é a receita do sucesso. Quandoa gente perde o medo, se torna capaz de tudo!! Bj enorme.

Sonia Pallone disse...

Sueli, amiga querida, cada palavra reflete a profundidade e pureza de uma alma poética. Adoro ler você. Bjs querida, até qualquer hora.

Sandra Botelho disse...

Ah amiga, e se ele não atender a esse grito de amor...é porque não te merece...
Porque não sabe a jóia que tu és.
Lindas palavras...
Bjos achocolatados

claudete disse...

Que o seu clamor seja ouvido que sua prece seja atendida...Muito lindo o que escreves Su...São jóias preciosas e o destino delas encherá de graça plena o privilegiado. beijão minha amiga.

JuJu disse...

Ele deveria mesmo saber. Ao menos saberia da bonita poesia que você faz e que encanta a todos nós, hehe!
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Mahria disse...

"Te daria de presente esta saudade tua"...como castigo pela ausência rs


Lindo poema!

Bjs
Mah

Paulo Tamburro disse...

OLÁ SUELI,

as esperas, muitas das vzes são melhores do que a relidade.

Não é o seu caso!

Quem quer tanto,precisa tanto, espera tanto e sem medo, merece a recompensa da presença do ser amado, afinal ninguém é de ferro:
Fala sério (rs).

Um abração carioca e continuo tentando, lá no HUMOR EM TEXTO fazer rir...

Rosane Marega disse...

Sueli, minha linda amiga, pega o selo porque também é seu e com muito carinho, Merecemos!!!
Beijossssssssssss

Ana Luiza F. disse...

Passei pra dar um "oi", dizer que te adoro e dar um beijo estaladao!!

Sandra Botelho disse...

Vim te deixar um beijo e te dizer que eu estou morrendo de saudades de ti.
Te amooooooooooooo.
bjos achocolatados

♥ Evelin Pinheiro ♥ disse...

Que coisa linda este poema*-*
Fiquei fascinada!!
Adorei sua visita no meu blog e vim retribuir. Quem bom que gostou de lá!
Vou te seguir tb, nos 2 blogs e estarei aki sempre, pode crer!! =D

Assim, tb espero que passe lá de vez em qdo!!

BeijO*-*
http://www.evesimplesassim.blogspot.com/

Elaine Barnes disse...

Uma beleza de poema declaração de amor,espero que ele entenda esse chamado e se de a oportunidade de compartilhar de uma pessoa tão maravilhosa e especial como você. O churras foi simples,pouca gente + legal ,faltou voce. Espero que melhore logo. Montão de bjs e abraços

so sad disse...

que lindo!
amar tem que ser sem medo mesmo.
beijo

sandra Freitas disse...

Desejos..apenas desejos...
Lindo poema recheado de ansiedades e saudades..
amei..
bjokas

Sandra Botelho disse...

Beijão no coração!

Patricia AC disse...

Adorei o poema Su, me ientifico muito com o que escreves. Bjão!