10 de set de 2009

Buzinadas


Manhã de chuva, dia virando noite, trânsito caótico ... São Paulo (ontem).

Normalmente, levo 25 minutos, de carro, para ir de casa ao meu trabalho. Estava eu parada na Av. Rebouças, sem sair do lugar, já há uns 15 minutos, calma, estudando, quando comecei a ouvir uma buzina, dali a pouco, outra e mais outra...

Senti um início de irritação. Afinal, o que aquelas pessoas que buzinavam esperavam conseguir com aquele barulhão estridente? Será que não percebiam a impossibilidade de qualquer movimento? Ou será que acreditavam em algum possível poder mágico contido naquelas buzinas?

Percebi, então, que estava dando muito poder aos barulhentos. Se nem a chuva intermitente e o pior congestionamento dos últimos tempos estavam me incomodando, por que haveria de me incomodar com dois ou três infelizes atrás de mim?

É...infelizes, sim. Foi a essa conclusão que cheguei. Uma pessoa numa situação dessas, que se entrega a uma crise histérica (para mim, buzinar desesperadamente é histeria), só pode ser alguém que não suporta a própria companhia. E, quem não suporta a própria companhia, só pode ser uma pessoa infeliz; infeliz ou burra (por acreditar que buzina é varinha de condão) é só escolher.

Sempre tenho um livro ou um bloco de anotações para essas emergências. Sempre dá para ler ou escrever, ou pensar, ou ouvir rádio, ou até tirar um cochilo. Cochilo, não? ... Medo de dormir pesado? Ah... não se preocupe, sempre haverá uma buzinada para lhe acordar...


...

5 comentários:

claudete disse...

sabe que lembrei de você quando os noticiários mostraram o transito caótico de Sampa naquele dia? E como você amiga ando sempre com um livro grande de Palavras Cruzadas ( desafio) levo sempre na bolsa , rs, é meu escudo para qualquer ocasião, não saio de jeito nenhum sem êle. Quanto a buzinada concordo com você.Beijão

p.s. cadê a ruiva?

Sonia Pallone disse...

É isso aí! Você consegue captar toda a essência sem perder o perfume!... Beijos

*Cah* disse...

Nossa... gente impaciente demais. sp eh assim mesmo, transito direto e em todo lugar. cada dia aumenta mais.

e ainda tem gente que curte chamar a atençao e enfia a maum na buzina.

paciencia amiga!
é isso ai!

beijo e boa semana.

JuJu disse...

De fato, melhor que esmigalhar os nervos apertando uma buzina, melhor aproveitar o congestionamento para ler um livro, por exemplo. Muito melhor.
Minha amiga, te indiquei num meme lá no meu blog e acho que você vai gostar. Vai lá dar uma olhada!

Ana Luiza F. disse...

Amore, sabe que Carol qdo morava em Sampa, tinha sempre no carro todos os apetrechos pra fazer a unha. Congestionamento à vista? Lixa de unha, acetona e mandava ver! O que se faz com o tempo?Isso é de cada um, agora buzinar não adianta mesmo! Amore essa dinda estava roxa de saudade do afilhado. Vamos ver se amanhã ou depois, posto algo como "prato do dia" lá no Bar..! Saudadona docê!!!!! Bj mis