15 de fev de 2009

É isso que importa


A expectativa fez-me voltar no tempo,

quando eu ainda acreditava
no amor,

em você.

O saber de hoje, ignoro.

Nada me importa,

vendo meus olhos,

fico longe de mim,

não quero saber.

Você veio.

É isso que importa.


Sueli Benko

12 comentários:

Aninha disse...

Lindo!! Lindo!! Lindo!
O amor sempre vence...

Beijo

Cris disse...

É isso, Sueli: ele veio e é só isso o que importa. Um beijo, minha linda. Que a vida esteja lhe tratando muito bem, viu?

Majoli disse...

Minha amiga, você poetisa numa suavidade que encanta.
Amei!!!
Beijos querida.

Bill Falcão disse...

UAUUUUUUUU!!!!!!!!!
Parecem estrelas brilhando!
Bjoooooooooooo!!!!!!!!!

Cadinho RoCo disse...

Livre dos entraves nos permitimos com mais intensidade ao amor.
Cadinho RoCo

Patricia Alessandra disse...

Oi Amiga, voltei de Floripa ontem à noite. Já estou em Porto Alegre, mas acho que vou dar uma volta na praia do RS no final de semana de novo. Quanto ao poema, rebentou hein?! Inspiradíssima como sempre amiga. Bjs, Pati

LELLA disse...

Sueli!!

Estou encantada com seus textos, com seu blog, contigo!

Realmente, bons ventos a levaram ao meu blog! Fico até comovida por ter linkado o meu espaço aqui no seu.

Como no Diário, por enquanto, eu só estou linkando sites que facilitam a vida de nós, cadeirantes, eu vou linkar o seu no meu outro, o 'Cinema é a minha (nossa) praia!'.

Se não se importar, eu gostaria de levar uns textos seus para a minha comunidade no Orkut, 'Harém Social Club'. Pode deixar que e darei todos os créditos (além de linkar o blog).

Grata por ter gostado do meu cantinho!
Beijo grande,
LELLA.

Kiara Guedes disse...

que o tempo é quem diz o que é importante agora, mais tarde, naquela época e assim nós vamos... com ele nos importando.
Lindo. E te foi importante pra mim agora.
Bjs meus

Handrik disse...

Ignorar o saber de hoje e voltar a amar. Perdoar? Não é a mais fácil das tarefas. Dar uma nova chance a alguém, é dar uma chance a si mesmo? Depois que as feridas do coração são abertas, voltar a amar torna-se uma tarefa árdua. E sem amor, a vida perde toda a sua cor, vira uma cópia xerocada de algo que já foi mais belo...

Querida, não qesqueci de você não. Com a volta das aulas na faculdade, estou de volta à correria. Aquilo, dormir quatro horas por noite, dedicar os finais de semana aos estudos. Mas, vc sabe que vc mora no meu cuore!

Bjos!

maria claudete disse...

É miga, " vendo meus olhos fico longe de mim"- vendo , me distancio, "vedo" distancia maior ainda... mas não importa , você bem diz : êle veio! Perfeita sintonia entre você e seus versos.
O que vale é o momento vivido intensamente sem comprometer o emocional. Beijos e feliz carnaval.
Clau.

JuJu disse...

Ou seja: o importante é que você viveu um grande amor!
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

Cadinho RoCo disse...

Para chegar precisamos ir.
Cadinho RoCo