29 de dez de 2017

2017 – Um ano inesquecível



Em janeiro de 2017, eu lia um artigo que afirmava estarmos entrando num período de tempo regido por Saturno, e nesse artigo havia alguns trechos, tais como:

“O planeta Saturno é um dos corpos celestes mais incompreendidos e temidos da simbologia astrológica, porque representa tudo aquilo que diz respeito à nossa responsabilidade e às nossas obrigações, conosco e com a sociedade em que vivemos.
...

“Este planeta amedronta algumas pessoas porque é considerado o princípio organizador da vida, portanto, amadurecimento e responsabilidade serão cobrados com maior intensidade no próximo período.”
...

“Saturno nos pedirá para sermos mais sábios diante da vida, mais maduros, mais responsáveis. Ele poderá nos ajudar a descobrir nossa capacidade de perseverar nos desafios, concretizar metas e objetivos de vida e, sobretudo, assumir nossas responsabilidades com astúcia, determinação e coragem!”
(http://www.zastros.com.br)

E então, pensei: “Caramba! O que virá por aí? ...” - Acreditando ou não, seria melhor ficar preparada, pois já há alguns anos tenho reparado que, apesar do meu ceticismo, essas previsões têm tido, sempre, um fundo de verdade. E, pasma, fui percebendo que, em minha vida, o rebuliço foi, realmente, enorme! O ano de 2017 foi, talvez, o mais atípico de todos em minha vida. Um ano de perdas imensas, mas, por outro lado, de ganhos incríveis!

Dentre todos os ganhos, talvez, o mais importante tenha sido poder ter a plena convicção de que somos nós, sim, que decidimos “quem somos nós” e que, a cada momento presente, estamos construindo nosso momento seguinte. Talvez, minha afirmação pareça um pouco confusa, mas, pude notar que, em todos os momentos de possível desespero, ao decidir não me desesperar, a resposta foi imediata e positiva. Essa constatação provou-me, também, que a forma da Vida comunicar-se conosco é através dessas respostas. Ela sempre envia-nos um presente ao aprovar uma correta atitude nossa.  

Analisando, cheguei à conclusão que a atitude mais correta minha, neste ano, foi ter, de imediato, aceitado serenamente todos os fatos desagradáveis que não podiam ser mudados. Dei esse presente para minha alma e a Vida presenteou-me com outros acontecimentos maravilhosos!

Em 2017, perdi pessoas amadas, estabilidade e alguns grandes confortos costumeiros, mas, ganhei muita experiência, mais amor próprio, certeza de absoluta da existência do amparo Divino e a certeza de que estou no caminho certo, com relação às minhas crenças e descrenças. Tudo isso, tanto na área material quanto espiritual.
Em 2017, houve uma gestação em mim, que propiciou um renascimento muito feliz e, em 2018, dou meus primeiros passos, revigorada, forte e pronta para o que vem pela frente! 

Gratidão, 2017! 

Ahow, 2018! 

(Eu concordo, eu aceito, eu sinto!)


Sueli Benko

...

Nenhum comentário: