3 de dez de 2011

Conhecendo as redondezas



Hoje tive uma manhã atípica. Resolvi dar umas voltas pelo meu bairro. Não que eu nunca faça isso, mas hoje foi diferente: fui à pé. Sim, caminhei durante uma hora e fiquei impressionada com o monte de descobertas. Mudei-me para cá há alguns meses, mas não conhecia quase nada ainda pelos arredores. E descobri tantas coisas que eu nem imaginava que poderia encontrar por aqui. Descobri dois sapateiros (fiquei muito feliz com isso, pois a profissão de sapateiro está em extinção, eu acho), um depósito de embalagens e artigos para festas, um açougue com ótimos preços (o filé mignon a 28,00/kg), três perfumarias, uma adega,  trocentos salões de beleza, trocentas lojas de material para construção, uma casa de artigos comestíveis nordestinos (vendem até feijão de corda, então vou poder fazer baião de dois), etc. Descobri até um ponto final de ônibus que vai até Pinheiros.  Ah! Passei por uma casa que tinha no varal uma toalha de praia com o distintivo do TIMÃO e fiquei imaginando que ali deveria morar pelo menos um corinthiano (será que estaria, como eu, apreensivo com os jogos de amanhã?...)

Passei por uma rua estranha, com uma energia muito pesada e imaginei como deveria ser horrível morar ali. Em compensação, cheguei num lugar bem alto, bonito e, ao me virar, avistei o prédio que moro, ao longe. E, se eu não morasse ali, eu teria pensado, com certeza: “Ah! Como eu gostaria de morar naquele lugar”. Foi muito gostoso confirmar que hoje eu moro exatamente onde eu gostaria de morar.

Na próxima vez, vou conhecer o outro lado...

...

2 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Muito saudável andar a pé pelo bairro,Sueli. Eu faço isso sempre, s vezes sai de chinelos para comprar alguma coisinha e só volto horas depois. Que bom que está feliz.Beijos

ricardo garopaba blauth disse...

a pé
liberou energias
que o timão
recolheu
e com elas
venceu

com isto
todos ganharam
a caminhante
seu time
e vizinhos
agora
mais próximos

viva
isto é
curtir MOMENTOS