29 de nov de 2011

Voltei!



Gente, um dos motivos de eu ter deixado este blog, conforme expliquei abaixo, foi o aparecimento de uma janelinha chata pedindo senha, mas tão logo o abandonei, a janelinha também se foi. Hoje, fico dividida cada vez que penso em postar algo, porque eu adorava este blog aqui e também gosto do outro (Fenixando 2). Como escrevo sobre diversos temas, resolvi usar os dois e dividir os assuntos. Ainda não sei bem o que será aqui e o que será lá, mas, por enquanto, penso em escrever textos próprios aqui e lá, talvez, copiar coisas valiosas que encontro por aí. Vamos ver se dá certo. Se houver alguma alteração eu venho contar.

A verdade é que amo este cantinho aqui... então, resolvi voltar.

Voltar é bom quando se volta para algo nosso. Assim como tantas outras coisas em nossa vida que, apesar das partidas e dos “nunca mais”, na essência continua sendo nosso. O superficial vai embora, mas a essência fica. A essência de uma grande amizade, por exemplo. Muitas vezes deixamos que nosso ego fale mais alto e ele nos força a partir. Mas a essência daquele sentimento, se forte e verdadeiro, sobreviverá. Por isso nunca digo que “dessa água não mais vou beber”.

Muitas pessoas ficam presas a palavras ditas em hora de raiva e de precipitação. Aí, o orgulho fala mais alto e não conseguem voltar atrás, mesmo querendo. Penso que não seja bom fazer promessas, mas penso que seja pior ainda não ter condições de cumpri-las e se sentir na “obrigação” de fazê-lo. 

Nada como se dar o direito de mudar de idéia, não é mesmo? Desde que reconheci que tenho esse direito, digo: “Não cobrem minhas promessas. Prometo para o momento, mas se tudo muda, minha opinião também pode mudar.” Não faço mais juramentos, pois não conheço o futuro (e nem quero conhecer). E não conhecendo o futuro, já estaria mentindo de antemão.

Bem, se alguém discorda de mim, pode escrever aí... rs.

Um abração!

Sueli

...

3 comentários:

ricardoGAROPABAblauth disse...

voltei
me encontrei
comigo mesmo
e voltei
para novos encontros
no qual serei sempre
eu inteiro
voltei
para rever
e fazer novos
amigos
voltei

Sandra Botelho disse...

Que bom que voltou amiga...
Penso que só voltamos pras coisas ou pessoas que realmente nos são importantes.
E sim, as vezes fazemos promessas ou juramentos que não podemos cumprir.Então porque não voltar atrás?
Um passo atrás pode significar no futuro muitos passos a frente.
Amo vc minha amiga querida. Bjos achocolatados lambuzados de carinho

Sonia Pallone disse...

O importante aqui, é que vc voltou e trouxe a perfumada essência de sempre! Quantas vezes deixei de viver uma outra situação, pq não conseguia dobrar meu orgulho e dizer apenas uma palavra que consertaria tudo!!... é assim mesmo, amiga, sinal de que somos humanas, imperfeitas, mas sempre dispostas a aprender...Beijos amada.