22 de nov de 2008

Eu comigo

......................................................................................


Solidão já meu deu medo, já foi meu bicho papão. Temia tanto que ela me atacasse; muitas vezes perdi o sono pensando na possibilidade de um dia ficar solitária. Eu não sabia que existia uma diferença muito grande entre estar só e ser solitária. Solidão deve ser horrível. Na verdade, eu já “quase” fui apanhada por ela e não gostei da amostra. Minha sorte na época, foi não ter fugido.

Foi quando, então, me conheci de verdade. Encarei a bicha e disse:

- Quer vir, venha, mas não acredito que consiga atingir seu intento, pois nunca mais me encontrará desacompanhada. Veja: “eu” estou comigo e esta é a companhia que nunca, nem você, nem ninguém, conseguirá afastar de mim.


E descobri que sou uma ótima companhia. Não me abandono, não minto para mim, fico pensando em mil coisas para me agradar, levo-me a lugares maravilhosos, procuro fazer todos os meus gostos, estou sempre à minha disposição, levo-me a alguém quando sinto saudade (às vezes é bom um programinha a três...rs) e, geralmente, quando estamos em três, costumamos ir até às nuvens...

É uma pena que muita gente não se deu conta do que se consegue fazer com a própria companhia...!


Sueli Benko
.........

12 comentários:

Cris disse...

"É uma pena que muita gente não se deu conta do que se consegue fazer com a própria companhia...!". É mesmo uma grande pena, Sueli. A gente corre o risco de perder a nossa melhor parte. Um beijo grande e um ótimo final de semana.

Patricia Alessandra disse...

Sempre tendemos valorizar mais o que está nos outros e não em nós mesmos. O movimento precisa ser inverso. Quando nos valorizamos primeiro, tudo muda. Amo minha companhia. Bela reflexão. Bjs, Pati

Cadinho RoCo disse...

Assim é que se faz. Se não der para encarar de frente, converse de frente com a solidão e já estará numa ótima postura.
Feliz em saber que está por aqui. Entre em contato comigo: cadinhoroco@yahoo.com.br
Cadinho RoCo

Rosangela disse...

AS vezes penso que tu não existe, sabia???
É incrivel a autoconfiança que tens, o amor que tens pela pessoa mais importante da tua vida: Tu mesmo...

TE sinto uma fortaleza...

Beijos no teu coração Su!!!!!

Analu disse...

Existe um, entre muitos privilégios, em a gente ser amiga-irmã-comadre e companheira de bruxarias, da dona do blog: ler o texto antes mesmo de ele ser publicado! E explico: por e-mail, pq eu falava da minha sensação nada boa de solidão, Su me mandou este texto aí... já comentamos a respeito, não amore? E também já te disse o tanto que és meu modelo. Modelo, que na maioria das vezes, não sei seguir. Mas eu chego lá! Bjãozão.

maria claudete disse...

Que beleza de texto minha amiga´, resultado ,está claro, de um mergulho dentro de você mesma. O maravilhoso é que este reencontro verdadeiro ratifica a máxima de que se nos amarmos em primeiro lugar seremos capazes de encontrar a felicidade com as cores que nos pintarmos. O outro agradece. saudades mil. Bjs. Clau

ZezinhoMota disse...

Pensa muito bem e age da maneira mais coerente consigo mesma...

Nunca tive medo de estar só, as vicissitudes da vida obrigaram-me a estar só (durante o dia) mas estive sempre a minha própria companhia...

Feliz semana.

ZezinhoMota

Claudia disse...

Oi mãe!! Hoje vim te visitar, pois precisava de um colo e aqui eu sempre encontro, obrigada pelas sábias palavras, já me sinto mais fortalecida!! Bjs!! te amo!!

Kall disse...

É verdade Su qdo aprendemos coisas tão basicas como ser uma otima cia p si mesma ...damos muitos passos a frente,acho que sem querer tb comecei a aprender isso...e estou aproveitando p me namorar..rs
Uma linda semana p vc flor.
Bjão.

João Videira Santos disse...

Olhar de nós em nós...

Será descobrir os nós que amarram as circunstâncias á nossa vida, será descobrir nos perfumes o que foram dores e revoltas...

De nós, sobejarão, sempre, razões para acreditar e voar,sempre, mais além...

runescape money disse...

cool blog

泰兴麻将棋牌游戏中心 disse...

Good Blog, I think I want to find me, I will tell my other friends, on all