24 de abr de 2015

Envinho-me ...


Porque hoje é sexta, 
porque eu mereço, 
porque eu quero,
e porque eu posso!
Hoje, 
envinho-me ...


(Sueli Benko)


...

11 de abr de 2015

O que mais me feria foi o que me libertou


Refletindo sobre tudo que passei nos últimos anos, vejo-me obrigada a admitir que os momentos de felicidade foram inúmeros, mas foram as dores que fizeram todo esse tempo vivido ter realmente valido a pena. Precisei delas para aprender a me livrar delas. Precisei delas para descobrir a força escondida dentro de mim e para conhecer melhor as pessoas que me rodeavam. Precisei delas, enfim, para entender o quão efêmeras elas são, quando temos conhecimento disso, e que sem elas, não teríamos o contraste entre sofrimento e prazer, portanto, a felicidade não teria importância; talvez, nem a notássemos.

Refletindo mais um pouco, percebo que a natureza da dor tem algo a ver comigo. Ela também gosta de um desafio e, quando chega, encara-nos de frente. Somente um olhar duro e não menos desafiante consegue detê-la. E somente a persistência nessa "encarada" pode conseguir afastá-la. É claro que não estou falando das dores físicas, que um simples remédio pode curar, mas falo da dor do ego, esse a quem tanto valorizamos e que tanto nos deixa sofrer. Encarar uma dor é colocar o ego de castigo, é educá-lo, é saber dominá-lo e não deixar que ele nos domine. E... as dores estão aí para isso.


Um brinde de reconhecimento às minhas dores que se foram e às que provavelmente aparecerão, para que eu nunca me esqueça de valorizar e sentir plenamente a minha felicidade, que, na verdade, é a minha eterna essência, pois ela é feita de amor e o amor é o que conduz minha alma!


Sueli Benko
...

9 de abr de 2015

Contigo, mas sem ti ...


E então, finalmente, consegui ficar longe de ti. E, resistindo à voz que me diz para te esquecer, ainda respondo: “Esquecer por que? Não sou feita de vazios, sou movida a Amor.” E o que ainda sinto por ti alimenta minh'alma, pois esse é o verdadeiro Amor. Não aquele que outrora sentia: egoísta, condicional e carrasco. Aquilo que eu julgava ser amor era apenas o ego que me enganava e me torturava.  Transvestia-se de um sentimento puro, mas o verdadeiro estava abafado pela crença de que eu precisava de tua presença para ser feliz. Hoje sei que o que sinto me basta. O que sentes... diz respeito somente a ti. Seria bom demais, não nego, se teu amor por mim fosse baseado no respeito, mas não sabes o que é isso, infelizmente. Não sabes valorizar uma mulher de verdade. Apesar de tudo, seria muito pior para mim, se te esquecesse. Coração vazio não me sustenta. Eu te prefiro longe do que ter perto de mim as tuas inconsequências. Mas, não fui eu que te escolhi. Foi minh'alma. E ela te quer mesmo assim. Ela não fala a língua dos homens. Ela apenas conhece a linguagem do verdadeiro amor. Fique com teu harém. Eu fico só contigo, bem cá dentro do meu coração, mas não mais na tua cama. 

Sueli Benko

..

Voltando ...



Duas amigas brindaram-me com a decisão de voltar à Blogosfera: Sandrinha e Maria Claudete. E é para elas que dedico o post de hoje.

Como eu, também haviam deixado a blogosfera de lado e, ao mesmo tempo, tomaram a decisão de voltar. Já há alguns dias, tenho pensado nisso. Aproveitei a deixa e estou aqui. Essas minhas duas amigas, fazem parte de um tesouro que possuo e que encontrei através do meu blog. A amizade que temos é sublime. Do virtual, passamos ao real. Já nos encontramos por diversas vezes e a amizade cada vez fortifica-se mais.

Claro que meu blog apresentou-me a outras grandes amigas e, um dia, falarei delas, mas hoje estou referindo-me a essas duas criaturinhas maravilhosas, pois devo a elas a decisão de voltar.

A saudade que sinto daqueles tempos é imensa! Apesar de que quem está aqui hoje não é a mesma Sueli de outrora. Muita água já rolou nesses meus anos de ausência e nem sei do que sou capaz de escrever, agora. Sempre achei que a tristeza inspirava-me mais. Não tenho sabido o que é ficar triste já por um bom tempo, então, voltar a escrever será um novo desafio para mim.

Cá estou, eu e minha taça de vinho, porque hoje é quinta, véspera de sexta, e tenho algo para comemorar: minha volta à Blogosfera!

(Espero que minhas amigas levem a sério o que estão se propondo a fazer, também! ... rs)

Tin Tin!


Sueli Benko

...