22 de fev de 2014

Diploma de Burra

Amigos que passam a lhe ignorar quando arrumam algum outro interesse...


Aí, um dia ele reaparece, você esquece tudo e volta a ser amiga dele. Então, ele arruma outro interesse e vira-lhe as costas novamente...

Na primeira vez, a mancada pode ter sido dele, mas na segunda, quando você já sabia que ele “não está nem aí para um amigo”... Quem deu mancada com você, foi você mesmo.

Agora, se isso acontecer uma terceira vez... 
Ahhhhh... esquece, nem vou dizer nada, vou apenas lhe enviar um diploma de “burra”! ... ou, quem sabe, uma “carroça”, de presente.



18 de fev de 2014

Voltando ...


A saudade do tempo em que eu me dedicava ao meu blog foi chegando devagar. Percebi que minhas amigas blogueiras, outrora afastadas, devagar estão voltando... (outras, nem chegaram a se afastar). Não sei se foi isso que enviou um ânimo muito grande para mim! Quero voltar, gente, mesmo que seja com menos inspiração que antes.

Tentei encontrar motivos para minha ausência, mas foi em vão.  Talvez, tenha sido o excesso de felicidade que tenho sentido nos últimos tempos. Tenho a impressão de que a tristeza, ou a carência, apesar de serem horríveis, facilitam a nossa inspiração. Mas isso prova que damos mais importância ao sofrimento que à alegria,não é? Uma boa dose de Facebook também acredito que tenha atrapalhado...

Mas, chega! Quero mudar esse foco. Quero escrever, também, quando estou feliz!

“Quando ela veio em minha porta, corri para abrir,
em um tapete vermelho, a convidei para entrar.
Quando quis ir embora, ajoelhei-me e insisti:
Fique por aqui, dona Felicidade,
há um aposento só seu pra se acomodar!
Trouxe um vaso de flores e água de cheiro,
Pra lhe oferecer e lhe perfumar.
Desta vez, não a deixo ir embora.
Meu coração está cheio de amor pra lhe dar.”

(Sueli Benko)