22 de fev de 2013

Às vezes me sinto assim...


Às vezes me sinto assim, 
concha encaracolada sobre mim mesma 
e entregue às considerações do mar... 
E entre silêncios e murmúrios, 
o fluxo e refluxo dessas ondas me banha e acaricia... 
Hoje vou ser simplesmente concha na areia, 
cantarolando em meio à renda das espumas...

La Zingarah

...


Recebi esta mensagem-poema hoje, por e-mail de minha amiga La Zingarah e não aguentei: tive que postar aqui. Tocou-me bastante, tanto pela singeleza, como também por haver descrito sensações tantas vezes já vividas por mim.
Sueli


5 de fev de 2013

Corações malandrinhos...


Por que será que quando teus olhos
olho,
e afirmo não te querer mais,
ou quando te mando embora
e peço-te para não mais voltar,
meu coração e o seu se entreolham,
e com um cúmplice olhar maroto
começam a gargalhar?...

Sueli Benko
...