26 de mai de 2009

A ilusão


Ela veio e pousou em meu ombro

Tão doce, tão dissimulada, tão falsa

Pintou-se de esperança, mostrou-se tão companheira

Afastou certezas, zombou de atitudes

Acariciou o perdão.

Enlevou-me em novos sonhos

Dirigiu-me por falsos caminhos

Dizendo me levar ao céu.

Sua companhia era boa,

Mas de si nada eu sabia

Até que tirou sua máscara

Levou-me até o inferno

ao entrar em meu coração.

De esperança, nada existia

Era tão somente a ilusão.

Sueli Benko

22 de mai de 2009

Bem resolvida na vida

Minha filha Cláudia Patrícia presenteou-me com um selinho cujo título é: “Somos mulheres bem resolvidas”. É um tipo de corrente, onde eu deveria escolher dez blogueiras a quem eu julgasse bem resolvidas e enviar um selinho para cada uma.

Além disso, fez-me a seguinte pergunta: “O que é uma mulher bem resolvida para você?

Claudinha
, vou fazer a segunda parte, respondendo sua pergunta, mas passar a corrente para a frente, não garanto, não. Prefiro que quem se julgar bem resolvida, fique à vontade para levar o selinho (tão bonitinho).

Então, vamos lá:


Uma mulher bem resolvida, em minha opinião, é aquela que não usa máscaras invisíveis. Tem sua opinião formada e dela não abre mão para favorecer ou conquistar alguém, porém, permite-se mudar de idéia ou de posição assumida tantas vezes quantas desejar e, quando isso acontece, não sente vergonha de admitir.

Uma mulher bem resolvida não perde tempo com lamentações. Não fica trazendo o passado de volta e nem se transporta para o futuro porque sabe que a vida verdadeira pertence somente ao presente e para ele ela direciona todos os seus pensamentos, atitudes e decisões.


Uma mulher bem resolvida escolhe como vai ser o seu dia, portanto não dá poder para os outros alterarem seu humor.

Uma mulher bem resolvida adora sua própria companhia, por essa razão, onde quer que esteja, está muito bem acompanhada e solidão é palavra que não existe em seu vocabulário.

Uma mulher bem resolvida reconhece que ninguém pode cuidar dela melhor do que ela própria, por esta razão não se perde em esperas e, para si, procura sempre o melhor.

Uma mulher bem resolvida ama a si própria em primeiro lugar, então, na hora do pior, não se abandona e não se deixa ficar no chão. Tem consciência de sua força e em sua vida não existe auto condenação. O que os outros julgam erro, ela considera aprendizado, então não perde a oportunidade de extrair alguma lição de qualquer adversidade.

Uma mulher bem resolvida, enfim, consegue equilibrar-se com um pé no racional e o outro na emoção. Sustenta–se com a cabeça e sonha com o coração.

Sueli
........

15 de mai de 2009

Tertúlia Virtual - Maio


  • Tertúlia Virtual


  • Tema do mês:

    "Você irá passar 10 anos numa pequena ilha deserta no Pacífico, e só poderá levar cinco coisas. Quais seriam?"


    Gente, eu pensei, pensei, fiz, apaguei, fiz de novo, apaguei de novo e, de repente, num estalo percebi que era tão simples, bastava pensar nas coisas mais importantes da minha vida, aquelas sem as quais nada faria sentido.

    Segue a resposta:


    Levaria cinco amigos.


    Simples, não? ...
    (e, se pudesse levar 10 coisas, eu levaria 10 amigos... com certeza)


    Abração para todos!


    Sueli

    ........


    2 de mai de 2009

    Pensei que te perderia


    Pensei que te perderia se um dia partisses. Pensei que não mais te veria e que a distância e o tempo far-me-iam esquecer-te. Pura ilusão. Tu partiste, mas esqueceste de levar-te embora. Tu estás nas músicas que ouço, na minha taça de vinho, nos pratos que preparo. Tu estás nas dobras do meu lençol, no óleo perfumado que acaricia meu corpo, nos meus sonhos, no meu sorriso e nos meus pensamentos. Tu ainda estás nos planos de sábado à noite, sentado à minha frente naquela mesa de bar. Tu estás nos degraus, nas paredes, no hall, nos cômodos todos do meu lar. Tu estás nas minhas cortinas, no meu tapete e nas almofadas que te esqueceste de usar. Tu estás no meu adormecer e ainda no meu despertar. És, enfim, a chama que teima em se manter acesa.

    E por todo amor que sinto talvez devesse chorar, mas se há um lugar onde tu não estás é nas minhas lágrimas, pois elas já há muito tempo não aparecem mais. Também não estás na minha insônia, grande companheira de antigas noites. Ela se foi e deu lugar aos meus sonhos, que hoje são o palco das mais lindas histórias de amor, onde os atores principais somos nós dois. Hoje, o que ficou, foi a descoberta de que o tudo que de ti tenho “é”, apesar de não ser. Tu estás na minha paz e é por esta razão que te quero exatamente assim: existindo apesar de não existir; dizendo-me tudo, apesar do silêncio; a mim chegando, apesar de não vir; amando-me inteira apesar de não acreditar.

    Podes não estar, mas está. Tão longe e ao mesmo tempo, tão perto. Tão perto que te sinto inteiro. E de uma forma como nunca esteve: indiscutivelmente, meu. Somente meu.

    E é assim que te quero.


    Sueli Benko